Jovens da IQC



Não sejas superficial

jovens.jpg“E sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe, e disse: Certamente está perante o Senhor o seu ungido. Mas o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque eu o rejeitei; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.” (1 Samuel 16.6-7)

Vivemos na época do marketing. Os produtos são apresentados de forma a agradar à vista dos possíveis compradores. Isto significa que nós, seres humanos, deixamo-nos seduzir pelo que vemos e que muitas vezes nos arrependemos das opções que tomamos.

Normalmente, quando alguém deseja namorar traça um padrão de beleza. Busca alguém que agrade aos seus olhos. Não procura saber o que vai no interior da pessoa. Olha para a beleza exterior. Há um padrão pré-estabelecido.

O nosso texto fala justamente sobre este aspecto. Mostra como nos deixamos seduzir pela beleza exterior e por isso, muitas vezes metemo-nos em complicações. Para evitar este tipo de situação, precisamos de conviver primeiro com as pessoas; conhecê-las bem. Devemos criar o hábito de relações francas e abertas. Relações que vão muito além da superficialidade.

O texto de hoje mostra que não podemos seleccionar as pessoas pelo simples facto delas serem bonitas e agradarem aos nossos olhos. Há muita gente que deseja estar perto dos considerados “bonitos”, para também poder sobressair. Há pessoas que apenas desejam relacionar-se com pessoas que se destacam, mesmo que o relacionamento seja superficial e banal. Há pessoas com quem desejamos estar ao seu lado, mas na realidade elas não têm nada para nos acrescentar. Interiormente são estéreis.

Com o texto bíblico acima aprendemos que devemos escolher as pessoas pelo seu carácter e não pela sua beleza. Infelizmente, as nossas escolhas estão condicionadas. Não podemos desejar ser amigo de alguém porque é conhecido de todos. Devemos desejar uma amizade porque sabemos que a pessoa tem carácter. É alguém que vai acrescentar-nos algo na vida. É uma pessoa que tem uma história de vida para contar. É uma pessoa que se abre e para nos escutar. Acima de tudo, e mais importante que tudo, alguém que seja crente e ande com Deus.

Numa sociedade de relacionamentos fugazes, é preciso ter coragem para aprofundar os relacionamentos a fim de se poder vir a ter uma verdadeira amizade. Não se cria uma amizade com relacionamentos fugazes. As amizades são criadas quando há profundidade.

Não desejes ter um relacionamento com alguém por causa de um palmo de rosto bonito. Sabe que mais vale uma amizade com alguém de rosto “feio”, mas com beleza interior do que um relacionamento com alguém bonito, mas que vive na superficialidade e não acrescenta nada à tua vida.

Não aceites relações superficiais. Exije profundidade e qualidade.

Faz a vontade de Deus! Ela é boa, perfeita e agradável – Confirma em Romanos 12:2.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: