Jovens da IQC



Remodela-me, Senhor!

https://i1.wp.com/img.olhares.com/data/big/115/1159022.jpgDesci à casa do oleiro para encomendar um vaso. No momento em que eu esperava para ser atendido, os meus olhos admirados passeavam de um objecto para outro, encantados com a sua beleza. De repente reparei que num canto um pequeno pedaço de barro parecia-me abandonado. Aproximei-me e, ali mesmo, fui testemunha de uma coisa espantosa.

– Remodela-me, Senhor! – repetia com ar sofredor a pobre criatura. Impressionado, dirigi-me ao oleiro:

– Amigo, sempre apreciei o teu trabalho. Como todos sabem, a melhor obra é a que sai das tuas mãos, no entanto, recuso-me a acreditar que por mero descuido relegaste um pequeno pedaço de barro à mais triste solidão.

Ele fitou-me em silêncio, no princípio pensei que fosse condenar a minha aflição, mas após alguns minutos pronunciou-se:

– Caro amigo, aprecio a tua preocupação, porém o pequeno barro não me serve de nada, garanto-te.

– Recuso-me a acreditar que tão hábil oleiro não saiba aproveitar o barro.

– Julgaste-me mal. Este barro é que é um enganador, garanto que milhares de vezes tomei-o entre as mãos e todas às vezes decepcionado, vi-me forçado a abandoná-lo. É impossível trabalhar com ele, e se o deixo perto de mim é porque mesmo assim o amo de coração.

– Mas que defeito tão grave é esse?

– É simples, não se deixa moldar.

– Ah! Entendi! – exclamei.

Neste dia, pensativo deixei a olaria. Quantas vezes pedimos, imploramos, e não sabemos aproveitar as oportunidades que a vida nos dá. Cada dia uma porta nova abre-se à nossa frente. Cada dia somos chamados a fazer a experiência da Ressurreição. Podemos aceitar o convite e caminhar ou ficar parado, a olhar mais uma porta a fechar-se.

Remodela-me, Senhor! – repetia o pequeno barro.

Será que ele queria ser remodelado?

E tu?


Trackbacks & Pingbacks

Comentários

  1. * Maria Luiza says:

    Podemos se quisermos e o fizermos de todo o coração.remodelar-se a cada dia, em cada experiência boa ou má.È através do amor a Deus que podemos nos remoldarmos a todo instante.

    Publicado 7 years, 7 months ago


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: