Jovens da IQC



Deus existe? – Relato de um cientista

Razões para Crermos em Deus

“Nós ainda estamos no amanhecer da era científica, e todo o
aumento a luz revela mais e mais a obra de um Criador
inteligente..

Nós fizemos descobertas estupendas; com um espírito de
humildade científica e de fé fundamentada no conhecimento
estamos aproximando-nos de uma consciência de Deus.

Eis algumas razões para minha fé:
Através da lei matemática podemos provar sem erro que o nosso
universo foi projetado e foi executado por uma grande
inteligência de engenharia.

Supõe que tu colocas dez moedas de um cêntimo, marcadas
de um a dez, no teu bolso e agitas.

Agora tenta tirá-las na ordem de um a dez, tirando uma moeda
cada vez que tu agitas o bolso.

Matematicamente sabemos que a probabilidade de sair o número um é
de um em dez; de sair o um e o dois em sequência é de um em
100; de pegar aoum, dois e três em sequência é de um em 1000
e assim por diante; a tua probabilidade de tirares todas as moedas, em
sequência, seria de um em dez bilhões.

Pelo mesmo raciocínio, são necessárias as mesmas condições
para a vida na Terra ter acontecido por acaso.

A Terra gira no seu eixo 1609 km por hora no Equador; se
ela girasse 161 km por hora, os nossos dias e noites seriam
dez vezes mais longos e o Sol provavelmente queimaria a nossa
vegetação de dia enquanto a noite longa gelaria qualquer
broto que sobrevivesse.

Novamente o Sol, fonte da nossa vida, tem uma temperatura de
superfície de 5537,78 ºC, e a nossa Terra está 
bastante distante para que esta “vida eterna” nos aqueça  
só o suficiente!

Se o Sol desse somente metade da sua radiação actual, nós
congelaríamos, e se desse muito mais, nós assaríamos.

A inclinação da Terra a um ângulo de 23 graus, dá-nos as nossas
estações; se a Terra não tivesse sido inclinada assim,
vapores do oceano moveriam-se norte e sul, transformando-nos
em continentes de gelo.

Se a nossa lua fosse, digamos, só 16093 km mais longe do
que hoje, as nossas marés poderiam ser tão enormes que duas
vezes por dia os continentes seriam submergidos; até mesmo
as mais altas montanhas se encobririam.

Se a crosta da Terra fosse só dez pés mais espessa, não
haveria oxigênio para a vida.
Se o oceano fosse só dez pés mais fundo o gás carbónico e o
oxigénio seriam absorvidos e a vida vegetal não poderia
existir.

É perante estes e outros exemplos que não há uma oportunidade em
um bilhão que a vida no nosso planeta seja um acidente.

É cientificamente comprovado, o que o salmista disse: “Os
céus declaram a Glória de Deus e o firmamento as obras de
Suas Mãos.”

Pensa na Grandeza desse Deus que fez e faz tudo por
ti!

Jesus veio para te fazer mais que vencedor.

A. Cressy Morrison Ex-presidente da Academia de Ciências de
Nova York.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: