Jovens da IQC



Kaká projecta desfecho da carreira em São Paulo antes de se tornar pastor evangélico

Aos 26 anos de idade, Kaká já faz planos para o desfecho da sua carreira no futebol. Na entrevista à revista Época (do Brasil) desta semana, o jogador do Milan afirmou que pensa em retornar a São Paulo, clube que o revelou, e, depois disso, tornar-se pastor evangélico. Para elaborar a entrevista, a revista utilizou perguntas enviadas pelos leitores.

Questionado se poderia vir a ser pastor no final da sua passagem pelo futebol, o jogador admitiu que o seu interesse pela Bíblia pode levá-lo a seguir esta “profissão”.

Kaká é membro da igreja evangélica Renascer em Cristo, cujos fundadores Estevam e Sônia Hernandes já chegaram a ser presos nos Estados Unidos por tentar entrar no país com dinheiro não declarado escondido dentro de uma Bíblia.

Apesar disso, o jogador sempre admitiu manter uma relação estreita com o casal e chegou a doar o troféu de melhor jogador do mundo à igreja no início deste ano.

O interesse de Kaká pela religião é tanto que, como ele mesmo próprio já admite, já se tornou um pregador dentro do futebol.

Antes de subir ao altar, porém, Kaká espera voltar a jogar pelo São Paulo, clube que o revelou. Isso, porém, quando a sua carreira já estiver a chegar ao fim. Actualmente, o jogador garante que as suas atenções estão totalmente focadas no Milan.

Caso confirme seus planos, Kaká não será o primeiro ex-são-paulino a tornar-se pastor evangélico. Müller, que foi campeão do mundo pelo clube do Morumbi e pela selecção brasileira, também resolveu ir pregar quando pendurou as chuteiras e afirmou que o “futebol era um meio sujo”. Hoje, porém, actua como comentarista numa estação de televisão.

Como você encara o assédio da mídia com relação à sua opção religiosa?
Maurilho da Costa Silva, Rio Branco, AC

Kaká – Tranquilo. Gosto que me respeitem como respeito a todos. Fui muito bem preparado pra essa relação com a imprensa e tenho hoje um contato muito tranqüilo com eles.

Como você consegue equilibrar fama e riqueza com uma religiosidade até certo ponto espartana?
Samuel Pedro da Silva, Rio de Janeiro, RJ

Kaká – Tendo convicção dos meus valores.

Você costuma falar sobre Deus com outros jogadores da Seleção?
Marcos Mendes, Carapicuíba, SP

Kaká – Costumo falar não só com os jogadores da Seleção, mas também com os do Milan. Sempre que posso, conto um testemunho, um milagre, demonstro o que Deus tem feito na minha vida. Alguns pedem para orar por um motivo especial. Quando podemos, fazemos um estudo bíblico durante as concentrações.

O que você pensa sobre as pessoas que o criticam por você ter casado virgem?
Jardeson Crys, João Pessoa, PB

Kaká – As pessoas, quando me criticam com relação a isso, normalmente falam como se eu fosse um coitadinho que foi manipulado. A verdade não é essa. Sei muito bem o que fiz, o que isso representa na minha vida e na da minha esposa, pois tenho a convicção, no meu coração, de que quem ama espera.

Você voltará algum dia para o São Paulo?
Diego Campos, Cascavel, PR


Kaká –
Sou muito grato ao São Paulo e tenho uma ligação muito forte com o clube. Por agora, penso em ficar aqui um bom tempo. Se, no futuro,tiver a oportunidade, voltarei a jogar pelo São Paulo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: